Fazedores de Tenda

culto-no-lar2

Paulo em suas viagens missionárias além de plantar igrejas e fazer discípulos abençoou muitas famílias. Dentre outras famílias uma se destaca e fica sendo conhecida como Fazedores de Tendas. A família Fazedora de Tendas viveu o evangelho de forma tão intensa que serve de modelo como família cristã.

Atos 18.2-3 traz a história do encontro de Paulo com essa família:

[Paulo] encontrou certo judeu chamado Áquila, natural do Ponto, recentemente chegado da Itália, com Priscila, sua mulher, em vista de ter Cláudio decretado que todos os judeus se retirassem de Roma. Paulo aproximou-se deles E, posto que eram do mesmo ofício, passou a morar com eles e ali trabalhava, pois a profissão deles era fazer tendas”.

 Temos no texto de atos esse casal que eram judeus exilados que provavelmente se converteram ao cristianismo, já que há indícios históricos que por causa de tumultos em Roma alguns judeus tinham sido expulsos.

È interessante observar as características relevantes dessa família que era a hospitalidade. Eles apenas não passaram a trabalhar com Paulo mais hospedou em sua própria casa. Esta estratégia é importante porque permite criar laços profundos com Paulo. Ao morar e trabalhar juntos foi possível a Paulo e seus anfitriões compartilhar a palavra, experiências, viverem no dia a dia o evangelho de Cristo. Esse período propiciou a Áquila e a Priscila uma imersão no conhecimento sólido e profundo a respeito do evangelho de Jesus.

Atos 18, a família morava em Éfeso e não em corinto. Em Éfeso eles conheceram Apolo, um pregador exímio da palavra de Deus, mais que ainda não tinha conhecido a Jesus e nem se convertido. Apolo tinha ouvido a pregação de João Batista e começou a pregar. O casal de missionários, percebendo isso, novamente foi hospitaleiros e levou consigo Apolo para expor-lhe mais precisamente o evangelho de Jesus.

Esse modelo de evangelismo que considera a hospitalidade, a pregação do evangelho e a iniciativa de começar uma igreja em sua própria casa, tem exposto de forma natural e intencional os ensinamentos de Jesus. Que haja em nossos corações o mesmo sentimento que houve no coração de Áquila e Priscila. Abrir a porta de nossas casas e anunciar o evangelho de Jesus Cristo.

Seminarista Romualdo Dias Mendes

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: